Receba dicas de concursos - Grátis

A derrota pegou você? | Estudos para as provas da OAB, ENEM, vestibular ou concurso | Daniel Pereira Coach - Treinador de Concurseiros




Olá, Daniel Pereira aqui e vamos direto ao ponto, sem enrolação. 

Manoel, aluno de Santa Maria, Rio Grande do Sul, prestou concurso para a Assembleia legislativa do estado (para Analista Legislativo, carreira de Engenheiro Mecânico, com salário de R$ 9.893,90) e “tomou pau”. 

A derrota o pegou, está complicado fazer com que o aluno retorne aos estudos. 

Nosso trabalho, hoje, é analisar isso, lembrando que tenho um livro ensinando tudo sobre como estudar (CLIQUE AQUI). 

Sempre que situação semelhante lhe ocorrer, levante a cabeça. 

Sabe, quando estamos focados não há derrota. Ponha na cabeça que, nesse campo, o que existe é tentativa frustrada. 

Então, nada de ficar acabrunhado. 

Faça o seguinte. Dê um tempo dos cadernos, mas não muito. Uma semana é o máximo. Depois, refaça a prova no ambiente controlado da sua casa para verificar, mais de perto, quais são os seus erros. E, mais, se tais erros se devem à falta de conhecimento ou a algum problema relativo à ansiedade. 

Já vi muitos alunos bons que sucumbiram a um estado mental ruim. 

Então, não se desespere, mas aprenda o máximo que puder. Trate essa prova passada como treinamento de luxo. 

No mais, reorganize-se para continuar estudando e nunca esqueça que você estuda para se abastecer de conhecimento e não para a prova específica. Creia, prova é detalhe. 

Valeu? 

Obrigado por ter lido.


===========================================================
COMO VOCÊ ME ENCONTRA?
Meu whatsApp: (41) 99643-6871
===========================================================
TAGS  para procura do texto:
#concurso
#concursopúblico
#comopassaremconcurso
#métododeestudo
#coach
#danielpereiracoach
#concursos2018
#dicasdeestudo
#comopassarnaOAB
#OAB
#provadaoab

O estudo te "pegou" já?


A família mina minha resistência em relação aos estudos, e agora? | Estudos para as provas da OAB, ENEM, vestibular ou concurso | Daniel Pereira Coach - Treinador de Concurseiros




Olá, Daniel Pereira aqui e vamos direto ao ponto, sem enrolação. 

Um aluno, de Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, me disse que exatamente na hora em que vai estudar o pai lhe atrapalha, dizendo que “isso não vai dar em nada”, que “concurso é falcatrua”. 

E agora? O que fazer quando a família mina a nossa resistência? 

Antes de qualquer coisa, dê uma olhada no meu livro de metodologia de aprendizagem (CLIQUE AQUI para conhecê-lo). 

Bem, sempre que estamos envolvidos num objetivo queremos o apoio da família e amigos. Mas nem sempre é assim, não é? 

E como fazer? 

É preciso entender que as pessoas têm seu próprio tempo para as coisas, e que nem sempre estamos (nós e os demais) no mesmo nível de amadurecimento. Então, é muito comum que nossos familiares não compreendam nossa razão para fazermos o que estamos fazendo. 

Quer saber? 

Toque a vida como você imagina que deva ser, principalmente nos estudos. 

Na falta de apoio em casa, apoie-se em você mesmo. 

Saia estudar numa biblioteca, se puder sai do ambiente nocivo. 

Se você depende (financeiramente) de algum familiar, negocie com a pessoa sobre o retorno do investimento no futuro. Quem sabe isso o acalme. 

No mais, confie no seu taco e relaxe. Estudar depende de você. 

É isso e o resto é resto... 

Obrigado por ter lido.

===========================================================

COMO VOCÊ ME ENCONTRA?
Meu whatsApp: (41) 99643-6871
===========================================================

TAGS  para procura do texto:
#concurso
#concursopúblico
#comopassaremconcurso
#métododeestudo
#coach
#danielpereiracoach
#concursos2018
#dicasdeestudo
#comopassarnaOAB
#OAB
#provadaoab

Eu nunca erro... será? | Estudos para as provas da OAB, ENEM, vestibular ou concurso | Daniel Pereira Coach - Treinador de Concurseiros



Olá, Daniel Pereira aqui e vamos direto ao ponto, sem enrolação. 

Você é alguém perfeccionista, dessas pessoas que nunca querem errar? 

Ao longo das minhas atividades tenho encontrado alunos assim, que sofrem no mínimo revés e produzem muito pouco. 

O assunto hoje é esse, relembrando que tenho um livro sobre metodologia de aprendizagem (CLIQUE AQUI). 

O Davi, meu aluno de Joinville, Santa Catarina, chamou minha atenção para os seus (segundo ele) “constantes erros”. 

Daí fomos analisar a vida de estudante do rapaz. 

Ele organizou a vida numa planilha. Tinha tudo cronometrado. Academia, namorada, pais, igreja, estudos, alimentação... ufa, tudo certinho, tudo ajeitado, mas.... as coisas não funcionaram e, desastre total, o Davi ficava prostrado a cada derrocada. 

Pois bem. A cada erro, a cada dificuldade não vencida ele se deixava levar por uma “onda” de pensamentos que beiravam a inutilidade. 

Essa cobrança excessiva é prejudicial e beira tratamento psiquiátrico. 

A vida de estudante requer menos. Claro, não estou dizendo que você deva deixar as coisas rolarem “ao deus dará”. Mas não compreender que a vida é dinâmica por natureza e que os planos devem merecer, sempre, ajustes, vai levar (como, talvez, leve o Davi) para o fundo do poço psicológico. 

Adapte-se ao que vem pela frente. 

Fez sentido? 

É isso. 

Obrigado por ter lido

===========================================================
COMO VOCÊ ME ENCONTRA?
Meu whatsApp: (41) 99643-6871
===========================================================
TAGS  para procura do texto:
#concurso
#concursopúblico
#comopassaremconcurso
#métododeestudo
#coach
#danielpereiracoach
#concursos2018
#dicasdeestudo
#comopassarnaOAB
#OAB
#provadaoab

10 DICAS | Xô, bocejo na hora de estudar | Estudos para as provas da OAB, ENEM, vestibular ou concurso | Daniel Pereira Coach - Treinador de Concurseiros


Olá, Daniel Pereira aqui e vamos direto ao ponto, sem enrolação.

Um aluno me questionou, via whatsApp: “Professor, eu bocejo muito quando vou estudar. Pode isso?”

É esse o assunto de hoje com dez dicas para focar no conteúdo.

Antes, veja o meu livro sobre como estudar (CLIQUE AQUI).

Sabe aquela hora em que o assunto está enfadonho, sem graça, quando você deveria estudar... mas, do nada, começa a “abrir a boca’?

Bem, para afugentar isso sugiro dez dicas. Vamos lá?

Primeira, você dorme o necessário durante a noite ou está devendo sono? Você se conhece e sabe o quanto precisa descansar?

Segunda, mantenha-se hidratado. Você sabia que cerca de 85% do seu cérebro, 60% do seu corpo e 75% dos seus músculos são compostos por água? Viu a importância de tomar água?

Terceira, não passe muito tempo sem comer. Um lanche entre refeições, uma fruta, enfim, isso tudo pode ajudar a manter o corpo em alerta.

Quarta, use uma técnica para estudar. Não comece nada sem uma estratégia. Muitas pessoas sentam para estudar e esperam aprender tudo como num passe de mágica. Isso não existe.

Quinta, não estude uma disciplina o dia inteiro. Faça revezamentos. Isso auxilia a movimentar o raciocínio e estimula o estudo.

Sexta, experimente estudar com música ou, quem sabe, estudar com o chamado “ruído branco”. Isso afeta, sobremaneira, o seu foco.

Sétima, ao terminar cada tópico de estudo tente explicá-lo. Você verá que essa técnica é um instrumento poderoso na compreensão do conteúdo.

Oitava, priorize o que estudar, começando por focar em um assunto específico até o fim. Procure, se possível, não quebrar o raciocínio. Estudar um item de forma fracionada atrapalha a compreensão do assunto.

Nona, faça pausas. Recomenda-se que você fique numa aula (ou vídeo) por no máximo cinquenta minutos. Pause dez minutos para relaxar e sair do assento.

Décima, ache o seu jeito de aprender. Ao usar fórmulas de outras pessoas faça as adaptações necessária, tudo ao seu jeito. 

Fez sentido?

É isso.

Obrigado por ter lido.

===========================================================
COMO VOCÊ ME ENCONTRA?
Meu whatsApp: (41) 99643-6871
===========================================================
TAGS  para procura do texto:
#concurso
#concursopúblico
#comopassaremconcurso
#métododeestudo
#coach
#danielpereiracoach
#concursos2018
#dicasdeestudo
#comopassarnaOAB
#OAB
#provadaoab

Tenha foco mas não esqueça do “foquinho” | Estudos para as provas da OAB, ENEM, vestibular ou concurso | Daniel Pereira Coach - Treinador de Concurseiros


Olá, Daniel Pereira aqui e vamos direto ao ponto, sem enrolação.

Um aluno meu, do Recife, quer ser aprovado na OAB. O problema é que ele já fez oito vezes a prova objetiva e nada. No máximo chegou a 39 pontos.

Com base nisso quero falar sobre foco mínimo, relembrando que tenho uma publicação sobre como estudar melhor (CLIQUE AQUI).

Quando focamos em algo sempre pensamos no macro.

Por exemplo, no caso do meu aluno, ele pensa em passar na OAB.

Grosso modo, passar na OAB significa fazer duas provas. Uma objetiva e outra mais argumentativa e passar em ambas.

Só isso. A OAB não está procurando juristas, mas somente pessoas que fazem esse mínimo.

Pois é aí que mora o perigo do foco. Precisamos desdobrá-lo no que eu chamo, aqui, de “foquinho”.

Então, na OAB precisamos vencer a prova objetiva. Nela, o candidato precisa tirar os mínimos cinquenta por cento da prova. Esse é o objetivo.

Para isso necessitamos vasculhar tudo relativo às provas objetivas (da OAB) e nos despreocupar com o resto.

Os objetivos menores, em qualquer caso da vida, também são assim.

Por exemplo, se você quer ser aprovado num determinado concurso, desdobre-o a um mínimo plausível e despreocupe-se com o todo.

Fez sentido?

É isso.

Obrigado por ter lido.

===========================================================
COMO VOCÊ ME ENCONTRA?
Meu whatsApp: (41) 99643-6871
===========================================================
TAGS  para procura do texto:
#concurso
#concursopúblico
#comopassaremconcurso
#métododeestudo
#coach
#danielpereiracoach
#concursos2018
#dicasdeestudo
#comopassarnaOAB
#OAB
#provadaoab


Não ande e nem negocie com os medíocres. Eles o arrastarão para a idiotice | Estudos para as provas da OAB, ENEM, vestibular ou concurso | Daniel Pereira Coach - Treinador de Concurseiros

Olá, Daniel Pereira aqui e vamos direto ao ponto, sem enrolação.

Há um velho ditado que repete o seguinte: Dize-me com quem andas, e eu te direi quem és.

Hoje quero refletir sobre isso, relembrando que tenho um livro específico sobre metodologia de aprendizagem (CLIQUE AQUI).

Na minha saga de concurseiro sempre procurei estabelecer limites e metas bastantes nítidos.

E é interessante isso, hoje pensando, por que limites e metas eram apregoados pela turma com a qual eu andava. Logo, eu os aceitei com uma verdade.

E neste ponto é o perigo.

Quando nosso grupo é composto de gente medíocre somos tentados a ser, também, mediano. E esse mediano é uma coisa muito ruim para quem tem projeto. Gera acomodação e, por vezes, o decréscimo de conhecimento.

Se você quer ser bem-sucedido no seu empreendimento, seja ele qual for, procure pessoas que possam lhe ensinar, que estejam num patamar mais elevado que o seu, afinal, nem todo mundo merece a sua companhia.

Então, reflita, ande com quem coloca para frente.

É isso.

Obrigado por ter lido.

===========================================================
COMO VOCÊ ME ENCONTRA?
Meu whatsApp: (41) 99643-6871
===========================================================
TAGS  para procura do texto:
#concurso
#concursopúblico
#comopassaremconcurso
#métododeestudo
#coach
#danielpereiracoach
#concursos2018
#dicasdeestudo
#comopassarnaOAB
#OAB
#provadaoab

Ah, meu Deus, você faz a prova da OAB, ENEM, vestibular ou concurso, e, na hora, dá aquele branco inexplicável | O que fazer | Daniel Pereira Coach - Treinador de Concurseiros



Olá, Daniel Pereira aqui e vamos direto ao ponto, sem enrolação.

Vi um vídeo, recentemente, de um especialista em saúde mental em que o mesmo tecia considerações sobre o “branco” nas provas.

Quero compartilhar com você algumas impressões sobre o tema, relembrando que prego uma metodologia de estudos realmente eficaz (VEJA AQUI) .

Primeiro, é preciso localizar o “branco”. Tratamos disso quando, numa prova, não lembramos do conteúdo requerido.

Então, essa “falta de memória” tem dois fundamentos.

Um, que é trágico, não lembramos do que não sabemos, o que não estudamos. Há muitos alunos que não lembrar por exatamente não terem estudado. Só isso.

Nesse caso a solução é simples: estudar.

Dois, quando o “branco” decorre de ansiedade, estresse e problemas de ordem mental/psicológica.

É aqui que trabalharemos.

Dia desses eu via, numa edição do “guia do estudante”, a entrevista de um psicobiologista e especialista em memória, Cleanto Fernandes, da UFRN, na qual ele explicava o processo do branco, salientando que, em situações estressoras, as glândulas adrenais, que se situam acima dos rins, liberam um hormônio chamado cortisol. Tal substância, já na corrente sanguínea, afeta o funcionamento de várias partes do corpo.

Esse esquecimento, portanto, é um processo fisiológico normal que deve ser contornado com um trabalho emocional, sério e uma preparação adequada.

Porém, na hora da prova é necessário que o aluno tenha a consciência de que estudou o necessário e que o conteúdo está no cérebro, embora temporariamente inacessível. O que falta, neste caso, é achar o caminho. Bem por isso, a ideia é sempre começar, na hora da prova, pelos conteúdos e disciplinas consideradas mais fáceis para o candidato. Com isso, a rede neural irá vai sendo realcançada aos poucos.

E você, tem muito branco na hora da prova?

É isso.

Obrigado por ter lido.

===========================================================
COMO VOCÊ ME ENCONTRA?
Meu whatsApp: (41) 99643-6871
===========================================================
TAGS  para procura do texto:
#concurso
#concursopúblico
#comopassaremconcurso
#métododeestudo
#coach
#danielpereiracoach
#concursos2018
#dicasdeestudo
#comopassarnaOAB
#OAB
#provadaoab


 
 
Blogger Templates