Receba dicas de concursos - Grátis

Três dicas essenciais para você que está estudando para concurso público.

         

        1. Tenha uma meta
Muita gente quer alcançar dias melhores, sonha em ter uma casa nova, um relacionamento novo, uma cidade, até um País novo. Mas esquece de traçar a meta.
Sim, ficar só no mundo das ideias não dá certo. Coloque o seu plano no papel, escreva-o. Mas, cuidado. É preciso que o seu plano seja racional. Chamo isso de “plano do dia perfeito” e deve conter os seguintes requisitos: a) ser específico (não dá para escrever que quer passar em concurso em 2017. Você deve especificar em qual concurso deseja ser feliz); b) Ser alcançável (muitas pessoas colocam para si planos mirabolantes, mas que não são alcançáveis. Se você quer ser aprovado em concurso, seja o mais correto consigo mesmo e coloque-se uma meta alcançável. Certa feita um aluno me disse que queria ser Juiz Federal em no máximo cinco anos. Detalhe, ele sequer tinha começado o curso de Direito. Daí não dá.); c) Ser fracionável (isto é, que possa ser desdobrado em pequenos planos semanais. É o processo do método cartesiano, dividir as coisas grandes em unidades simples a fim de que as tarefas possam ser realizadas; d) ser mensurável (o plano deve sofrer constante mensuração para corrigir eventuais desvios de rota).

2.      Tenha um roteiro
Bom, depois de organizar a meta é hora de fazer o roteiro, o mapa do caminho, como chamo. Isto é, como fazer para alcançar a meta? Nessa hora precisamos, nós, os estudantes de concurso, fazer um pequeno cronograma de ação. Distribuir as tarefas a serem feitas no decorrer dos dias que se passarão. Também, aqui, é importante colocar no papel esse mapa.

3.      Fique sempre no presente
Convivo com concurseiros desde meados de 1993, quando fiz o meu primeiro concurso. Era para procurador de uma Autarquia federal. E, desde lá, confesso que convivi com muita gente que nunca estava de corpo e alma nos estudos. Viviam (e eu mesmo fui assim) ou no passado ou no futuro. Viver preso a essas duas realidades nos tira do presente. O problema é que é no aqui e agora que as coisas acontecem e, depois, produzem efeitos no futuro. Procure, da próxima vez que sentar para estudar, ficar com a mente no presente e faça (o que tiver) com amor.

Gostou do artigo? Mande-me um recado, aqui no blog tem como você me achar. Mencione seu interesse, qual concurso público quer e se há concurso aberto.



 
 
Blogger Templates